segunda-feira, 12 de maio de 2008

Mudanças climáticas agravam questões de saúde pública


Por Daniela Lot
Revista Eletrônica de Jornalismo Científico, em 23/04/2008


As mudanças climáticas têm gerado efeitos sobre a saúde da população, este foi o alerta dado pela Organização Mundial da Saúde(OMS) e pela Organização Pan-Americana de Saúde(OPAS). As informações divulgadas pela OMS indicam que o aquecimento global causado pelo homem tem acarretado conseqüências negativas para a saúde pública, uma vez que tais fenômenos já teriam afetado a água e a comida, interferindo assim em novos padrões de doenças infecciosas.
Porém, para os cientistas brasileiros as questões relativas á saúde pública não podem ser vistas em função das variações climáticas. Segundo Confalonieri, da Fiocruz, as epidemias ocorrem pela falta de planejamento urbano e de políticas públicas: nosso sistema de coleta de lixo é ineficiente e não há um adequado sistema sanitário. Neste aspecto, Mara Oliveira, da OPAS, concorda com Confalonieri, porém, acrescenta que os gestores precisam levar em conta as mudanças climáticas no momento do planejamento de suas ações.


O autor foi um mediador de opiniões, mostrou tanto os argumentos de um consultor da OMS, que acredita nas conseqüências maléficas do clima sobre a saúde humana, quanto de um médico da Fiocruz que não vê nas doenças qualquer relação com o clima.
Ao final traz depoimentos de um geógrafo de USP e de uma técnica da OPAS que concordam que as mazelas sociais ficariam mais agravadas com o efeito das mudanças climáticas.
A grande virtude do autor foi juntar dois temas de grande importância sob um mesmo enfoque. Concordando ou não, o assunto traz à tona as questões ambiental e social, que por sua vez merecem atenção especial e prioritária de nossos administradores.

2 comentários:

Anônimo disse...

O grupo trabalhou com reportagens muito interessantes, fazendo resumos concisos e claros a respeito das mesmas. As críticas foram bem colocadas, focando o que o autor explicitou. O blog possui um visual bom e está em constante atualização o que o tornou dinâmico e atrativo. O nome O AMBIENTE INTEIRO foi muito criativo, pois o que todos queremos é realmente um meio ambiente INTEIRO, ou seja, preservado. Sandra Pereira Santos Miranda(aluna do Adm.Ead, turma 06)

Cristina Rezende Moreira-Turma 05 disse...

Resumo da matéria bem colocado,fizeram uma síntese bem clara e objetiva. Mostra as posições relatadas pelo autor da matéria com isenção de preferência. A reflexão foi bem redigida e, o mais importante, demonstrou imparcialidade perante a questão. Gostei da forma como colocaram sua opinião sem querer induzir o leitor.
Cristina Rezende Moreira - Turma 05